O que fazer depois de broxar

Tempo de leitura: 12 minutos

O que fazer depois de broxar

O que fazer depois de broxar
O que fazer depois de broxar

A famosa broxa, ou perda de ereção durante o sexo, é um fator que assombra diversos homens, e afeta severamente até mesmo as mulheres durante o ato. O ocorrido pode ser tão vergonhoso que pode acabar de vez com qualquer vontade sexual de ambos os parceiros. Para não perder o clima, é importante entender o que fazer depois de broxar.

Motivos que fazem um homem broxar

Para entender o que fazer depois de broxar, é importante entender os motivos que levam o homem à famosa broxa, para assim conseguir auxiliar e lidar com maior facilidade com o problema, combatendo diretamente a causa da broxa, e não somente o “sintoma” que é o ato de broxar.

O grande problema aqui é que não são poucos os motivos que acabam levando o homem à famosa broxa, mas não se preocupe! Vamos listar os principais motivos de um homem acabar broxando, e como lidar com cada um desses motivos de diferentes formas alternativas.

1. Nervosismo faz broxar

Enquanto certas pessoas creem que isso é um grande mito, é uma imensa verdade. Nervosismo faz realmente homens, de todas as idades, broxarem com facilidade. Afinal, muitos homens são ansiosos, e não param de pensar em como lidar com a situação.

Homens, principalmente mais jovens, ficam com a constante mentalidade de ter que conseguir a ereção, se manter ereto, e satisfazer a parceira antes de tudo. A pressão natural do evento, principalmente para homens virgens, é muito grande, e pode fazer com que a ereção fique extremamente mais difícil.

O nervosismo também afeta muito homens que possuam histórico já de broxa, o medo que o ocorrido possa se repetir volta constantemente e acaba resultando novamente no mesmo trauma, só agravando o ciclo.

Tratar esse nervosismo pode ser bem simples, por incrível que pareça. Primeiramente, relaxar e entender que a experiência sexual deve ser prazerosa para ambos é bem importante. Se manter nas preliminares por um bom tempo pode ser extremamente satisfatório para acabar com a ansiedade e nervosismo para ambos os parceiros durante o sexo.

Outras formas de relaxar durante o ato são massagens, utilização de músicas de fundo, e até entender que a penetração é somente uma das partes do sexo, e que há diversas outras formas de se dar prazer a ambos os lados.

Homens, é importante entender que sexo é um momento de relaxamento mútuo, não necessitando pressão nem precisando ficar nervoso com sua performance. Relaxe e goze.

2. Estar bêbado

Não são poucos os homens que costumam ficar broxa com certas bebidas, ou com grandes quantias de álcool no sangue. Quando temos álcool no sangue, as respostas nervosas do músculo são mais lentas, e as reações podem até mesmo não ocorrer, o que chega a ser irônico, pois muita gente bêbada fica mais excitada que o normal.


Variando com os níveis de álcool, costume, resistência e até o tipo de bebida, o homem bêbado pode ter diversos problemas para ter uma ereção ou até mesmo gozar.

Muita gente acha que o álcool pode ser uma solução ao primeiro problema da lista, que é o nervosismo, mas esse não é o caso, e pode vir até a causar mais problemas no quesito ereção, então tome cuidado para não beber demais e ficar broxa numa noite que antes prometia bastante.

Para evitar isso, beber sempre água junto aos drinks pode ser uma excelente solução. Além disso, você pode comer quantias grandes de açúcar para diminuir o efeito da bebida no seu sangue, garantindo assim sua noitada mesmo com uma certa quantia de álcool ainda circulando em seu sangue.

3. Sobrepeso

Um grande problema que causa muitos problemas de ereção e poucos homens sabem é o sobrepeso. É uma conta simples de ser feita, problemas de sobrepeso causam dificuldade na circulação e diminuição do ritmo cardíaco, atrapalhando o processo de ereção.

Tendo isso em mente, é importante entender que a ereção é nada mais que boa parte do seu sangue “inflando” o órgão para a concepção do ato. Agora, imagine que você precisa de muito sangue e circulação para isso, coisa que é impedida ou dificultada com o sobrepeso. Entendeu agora?

Quando se sofre de sobrepeso, o sangue tem muita dificuldade de ir para onde precisa, causando facilmente a broxa. Essa solução não tem como ser rápida, então cuide bastante do seu corpo e emagreça, para prevenir o problema ou evitar que ele se repita.

Aqui, os remédios para broxa podem ser uma solução secundária, mas não se garantir por eles é sempre uma boa ideia. Não negligencie saúde só por ter uma alternativa mais fácil.

4. Problemas de saúde que podem fazer broxar

Já falamos de fatores psicológicos aqui que podem causar a broxa em um homem, mas sabia que doenças fisiológicas podem também resultar na broxa de um homem durante o ato? E olha que não são poucos!

Problemas cardíacos, diabetes e esclerose múltipla são somente algumas menções válidas que valem a pena se mencionar como grandes fatores que podem fazer broxar. Essas doenças não só dificultam manter a ereção como podem bloquear por completo os impulsos nervosos que resultam na excitação sexual.

Ou seja, um grande problema aqui será causar a excitação sexual no parceiro que tiver esses problemas, e poderá ser necessário cuidados médicos, até mesmo remédios, para que se consiga conceber o ato.

5. Fumantes e seus problemas

O cigarro causa diversos diferentes males a seus fumantes, principalmente nos ativos, mas também até um certo grau nos fumantes passivos. Dentre um dos diversos problemas que o cigarro pode causar, há um grande risco de problemas circulatórios serem causados, e, assim, resultarem num grande problema: impossibilidade de se manter ereto.

O broxar causado pelo cigarro é exclusivamente fisiológico, e entra no mesmo quesito da bebida aqui. Muitas pessoas encontram no cigarro uma solução temporária para se relaxar e abstrair, porém, são uma péssima fonte de relaxamento, que afetam diversas outras partes de sua vida.

6. Problemas hormonais podem fazer broxar

O hormônio que permite e facilita a excitação sexual, consequentemente também facilitando a capacidade de se ter e manter uma ereção forte e saudável, é a famosa testosterona, conhecida popularmente como o hormônio sexual masculino.

Esse hormônio naturalmente diminui conforme a idade, porém muitos homens nascem com uma menor produção delas e não percebem, ou demoram a perceber, até pesquisarem o motivo de terem pouca libido e dificuldade de manter uma ereção, ou costumam broxar bastante.

Sintomas de pouca testosterona no corpo podem ser bem perceptíveis, mas por muitos passam desapercebidos. O principal seria pouco pelo no corpo, que é um fator de grande peso para se medir o nível de testosterona.

Se você sofre de, além de problemas com ereção e broxar constantemente, baixa libido, pouca quantia de sêmen quando ejacula, perda de cabelo e pouco crescimento capilar, perda de massa muscular e fatiga, e até constantes mudanças de humor, você pode ter algum problema relacionado à produção de testosterona, ou até mesmo ter naturalmente baixa testosterona.

Em ambos os casos, de um problema que cause como efeito um baixo índice de testosterona ou real problema de testosterona, há formas de se tratar, mas é sempre mediante a diagnóstico.

7. Certos medicamentos fazem broxar

Por mais estranho que possa parecer, existem remédios que podem fazer um homem broxar. Obviamente isso não é intencional, e sim somente um efeito colateral do remédio, causando normalmente perda da libido, talvez também resultando em problemas leves circulatórios ou diminuição do ritmo cardíaco, fatores importantes na ereção.

Se você toma algum remédio, sempre fique atento aos seus efeitos colaterais. Caso a perda da ereção esteja listada, peça a seu médico uma alternativa ou até um remédio para complementar essa falha do medicamento, para garantir assim que você continue tomando o remédio sem perder a qualidade de sua vida sexual.

8. O estresse pode ser fatal para a hora H

O estresse do dia a dia pode afetar muito a performance e até a capacidade de se sentir sexualmente excitado. Problemas cotidianos causam muito estresse e mal percebemos, e muitos pensam que o sexo é uma boa forma de relaxar, mas para muitos, o estresse chega a um ponto de conseguir bloquear impulsos sexuais, e causar assim a broxa.

O melhor a fazer com o estresse é fazer uma longa sessão de relaxamento, mas até mesmo isso pode falhar, e muitas vezes a broxa irá ocorrer diversas vezes durante o ato, justamente por causa do estresse.

Pode parecer semelhante ao nervosismo, mas, embora sejam assuntos diferentes, vale ressaltar que não são necessariamente excludentes, e podem estar interligados. É dito que cerca de 60% dos fatores que resultam no homem broxando são no mínimo parcialmente psicológicos, quando não completamente.

9. O banho quente

Muitas pessoas riem quando eu falo desse fator, afinal, o banho quente é o local favorito de muitos casais, principalmente os mais jovens que adoram toda a situação do banho e afins. No entanto, o banho quente é um fator que pode causar temporária facilidade a broxa, principalmente a homens mais velhos.

É muito simples, banho quente tende a deixar seu sangue mais fino, e então dificulta a capacidade do seu corpo de fazer ou manter a ereção. Além disso, se você gosta de transformar seu banheiro em uma sauna, é mais fácil ainda perder a ereção.

O ar quente faz com que você absorva menos oxigênio do ar, resultando em uma quantia menor de oxigênio no sangue. Graças a essas condições, seu corpo irá priorizar sangue onde ele precisa, e a ereção não é um local de extrema emergência, fazendo assim o sangue parar de circular muito lá, e ser realocado.

A solução aqui não poderia ser mais simples, banhos gelados ou em temperatura ambiente, de preferência com a janela aberta, são as melhores soluções. Fora essa solução, temos também simplesmente sair do banheiro antes de começar o ato. Esperar um pouquinho pode ser necessário para facilitar a ereção.

10. Cansaço

É muito normal o homem broxar por simplesmente não ter energia para fazer nada. Afinal, ele também fica cansado com o uso, e sexo é uma das atividades naturais do ser humano que mais gasta e exige energia, principalmente com mais duração.

Não adianta tomar energético, café ou nada do tipo. Se o problema é falta de energia, é preciso descansar e fazer o ato depois. É impossível escapar das necessidades naturais.

O que fazer depois de broxar

A responsabilidade da broxa sempre irá cair no homem, é inevitável, afinal, tem mulheres que acham que controlamos naturalmente o nosso órgão, quase como controlamos um braço ou uma perna. Mas não se preocupe, há diversas formas de se continuar a transa, mesmo enquanto broxa, e até tentar resgatar a transa no meio do caminho.

Se acontecer de broxar, não se preocupe, simplesmente use uma das alternativas que vamos apresentar abaixo e tente resgatar no meio do caminho.

1. Faça um bom sexo oral

Para muitos, praticar o sexo oral no seu parceiro é quase tão prazeroso quanto receber. Afinal, nada como ver sua parceira perdida em prazer, não é mesmo? A prática do sexo oral na sua parceira pode ser a forma ideal de se colocar de volta no clima. Ainda que fazendo sexo oral nela, você irá tirar a pressão do prazer de si mesmo, e conseguirá se manter ereto.

2. Continue um bom tempo nas preliminares

É muito comum, caso você broxe, voltar as preliminares. Todo o aquecimento que leva ao sexo é uma ótima forma de se renovar e manter sua ereção ao máximo, garantindo que você consiga prosseguir o ato, ou até fazer várias outras vezes. Caso você venha broxar no meio do caminho, garanta que tudo vá ocorrer bem, só volte as preliminares e continue tranquilo.

E enfim, saiba que broxar é algo extremamente natural ao corpo masculino, principalmente com o decorrer da idade. A proporção de homens que broxam ao menos uma vez na vida até os 40 anos é de até 90%, então não se preocupe com isso.

Só lembre de se garantir na cama, prevenido o broxar antes mesmo dele poder acontecer, e tendo alternativas para caso ele ocorra mesmo com seus métodos preventivos.