Tratamento para Estrias

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Mitos e Fatos sobre tratamentos para estrias

Apesar do que mostram as modelos estampam nas capas das revistas de moda, não há corpo perfeito. Por mais magro e bem cuidado que ele seja, o aparecimento das temidas estrias e celulites é algo inevitável, principalmente no corpo feminino.

Por isso que existe uma infinidade de tratamentos para reverter esse quadro e aumentar a autoestima daquelas que tanto sofrem por esses problemas estéticos. Mesmo que se discuta muito sobre o tema, há muitos mitos que os cercam.

Por essa razão, hoje iremos desmascarar as mentiras para que todos conheçam mais sobre esse mal e a forma correta do tratamento para estrias.

O que são estrias?

Antes de se discutir o melhor tratamento para estrias, primeiramente iremos definir o conceito desse mal que aflige se não todas, a grande maioria das mulheres pelo mundo. Você certamente já viu alguma estria, se não no seu próprio corpo, contemplou em outras mulheres, e, porque não, em homens. Mas a maioria das pessoas não tem noção do que se tratam essas marcas, ao menos cientificamente.

Clinicamente, as estrias são descritas como uma espécie de cicatriz, que se formam a partir da destruição de fibras elásticas e colágenas no tecido epitelial. E esse problema tem origem frequentemente em decorrência do que é conhecido como estiramento da pele.

Aparecem em forma de linhas na pele, devido à redução da espessura da derme e da epiderme. O seu aparecimento pode gerar coceira e ardência, mas o mais comum é que não se tenha sintoma algum. O fator causador desse mal é o aumento do volume corpóreo, normalmente quando uma pessoa engorda, mas também se deve ao crescimento natural do corpo.

Mulheres grávidas também têm grande tendência a apresentar estrias, bem como aqueles que usam de anabolizantes. Outras vilãs são as questões hormonais, como estrógeno e adrenocorticais em excesso. E até fatores genéticos podem ser causadores desse problema, por isso é bem inviável que alguma mulher não as tenha, o que não impede que exista inúmeras opções de tratamentos para estrias.

As estrias se apresentam no corpo basicamente de duas formas. As recentes, que tem a coloração rosadas ou roxas e as antigas que são brancas.

Quando são recentes, as estrias tendem a coçar e apresentam um processo inflamatório. Já nas brancas ocorreu uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas e nelas não há inflamação. Trata-se fundamentalmente de um problema estético que tira o sossego de quem se preocupa em ostentar uma pele saudável. Por essa razão a demanda por um eficaz tratamento para estrias tende sempre a aumentar.

Tratamentos para estrias mais populares

São muitas as medidas que visam amenizar a aparência das cicatrizes, que não podem ser eliminadas por completo, para que aquele que realize o tratamento se livre de algo que tanto lhe incomoda. E a qualidade de cada tratamento para estrias depende da fase, local e espessura do problema. E diversos outros fatores físicos do paciente também influenciam em como será o resultado do processo, como a idade, raça, produção de colágeno e sua genética.

Quanto mais cedo se inicia o tratamento para estrias, melhor ficará a aparência da pele. O importante é sempre ter em mente que a escolha do processo se dá a partir do acompanhamento de um profissional da área. O dermatologista está qualificado para prescrever o indicado para cada caso. Conheça agora os principais procedimentos para combater as estrias:

Ácido retinóico:

Um dos mais simples, pois pode ser realizado em casa, por meio de cremes compostos do ácido que estimula a produção de colágeno na região onde for aplicado.  Sem falar que mantem a pele hidratada, para prevenir futuras estrias e outros problemas que se manifestam no tecido epitelial.

Infravermelho:

Outro procedimento estético que funciona como tratamento para estrias, é o uso da luz infravermelha na pele. Ao penetrar no tecido, ela aumentará a temperatura da derme até 65°C. Isso interfere no colágeno, que se contrai e tem a produção estimulada, o que minimiza a aparência das estrias.

Microdermoabrasão:

Com esse tratamento para estrias há uma reorganização dos tecidos da pele. O melhor desse procedimento é que ele potencializa os efeitos de outros. Facilitando, por exemplo, a penetração do ácido retinóico. A desvantagem é que precisa-se de cuidados que evitam o sangramento no local de aplicação.

Laser ablativo e fracionado:

Para quem quer se livrar rapidamente das odiosas estrias, essa é a opção ideal de tratamento. Pois em poucas sessões é possível modificar a estética das cicatrizes, reduzindo-as radicalmente. Além de possuir um dano térmico controlado, tende a ser melhor que a maioria com relações as estias antigas, que tem a coloração branca. Essas que são as mais difíceis de se combater. O único problema é que produz desconforto nas aplicações.

Laser não-ablativo:

Diferente do procedimento anterior, esse tratamento para estrias não machuca a pele. Tem a mesma eficácia, porém requer mais sessões para apresentar esses resultados. Cabe ao paciente decidir se prioriza sentir menos dor ou perder mais tempo nesse tratamento e assim escolher a opção correta.

Subcisão:

Esse é um dos procedimentos estéticos mais invasivos, por consistir em uma cirurgia em que uma agulha é aplicada nas traves de fibrose. O que gera um hematoma no local, ali ou se realiza a sutura da estria ou preenche o espaço com ácido hialurônico. O que irá modificar a situação da cicatriz. Minimizando ao máximo o problema, para devolver a autoestima de quem sofre com esse mal.

Cuidados para prevenir o aparecimento de estrias

Mesmo que seja quase impossível deixar de ter estrias, é possível reduzir as chances de elas aparecerem no corpo. Isso por meio de métodos de prevenção que podem auxiliar muito quem deseja cultivar um corpo perfeito.

Para que não tenha que investir em tratamento para estrias, o melhor é tomar certos cuidados antes que elas apareçam, a fim de evitar o seu surgimento. Entre essas medidas, a principal delas é o cuidado com a hidratação da pele. Seja através do consumo de água, que é fundamental para a saúde do organismo com um todo, ou seja, beba ao menos dois litros de água ao dia. E também com o uso de cremes hidratantes que trarão essa característica ao seu tecido.

Outro cuidado que é muito eficaz na prevenção de estrias é a prática de exercícios físicos regularmente. Eles são importantes na produção de colágeno que trará elasticidade a pele e também ajudará a reduzir as chances de o corpo engordar, o que minimiza e muito o surgimento de estrias.

Por essa mesma razão, de evitar aumentar o volume corpóreo, é que se deve evitar o consumo excessivo de alimentos que aumentam o peso, como doces e gorduras, pois eles irão potencializar as chances do rompimento do seu tecido epitelial.

O ideal é que faça refeições ricas em frutas e vegetais, buscando, inclusive, alimentos que sejam antioxidantes, para que você se livre das toxinas que são prejudiciais ao organismo e muitas vezes favorecem o acúmulo de gordura. Lembre-se, não basta apenas buscar por um tratamento para estrias, o ideal é que se mantenha esses cuidados de prevenção para que elas nem apareçam.

Mitos e fatos sobre prevenção e tratamentos para estrias

Já que as estrias são um mal que atinge a maioria das pessoas, principalmente as mulheres, há muita informação desencontrada. Pois muitos dizem possuir fórmulas mágicas que acabaram de uma vez por todos com essas cicatrizes. Descubra agora alguns dos principais mitos e fatos sobre esse problema e nunca mais tenha dúvidas a respeito desses temas:

Usar roupa apertada favorece o aparecimento de estrias

MITO: O simples uso de uma roupa mais justa não é o suficiente para romper as fibras da pele e ocasionar o aparecimento de uma estria. Por isso, fique tranquila se esse é seu estilo, as cicatrizes não apareceram por essa razão.

As estrias surgem na fase de crescimento

FATO: Não somente nesse momento que elas irão aparecer, mas quando a pele se estica a ponto de não resistir o crescimento, ela se rompe e surge a estria. Por isso que é quase impossível evitar esse mal.

Existe um tratamento para estrias capaz de eliminar esse mal

MITO: Existem ótimos tratamentos que são capazes de minimizar e muito a aparência das estrias, mas nenhum é capaz de eliminar completamente a cicatriz. É algo que você terá que conviver para sempre. O que não lhe impede de ter um ótimo corpo, desde exija menos de si e pare de acreditar no ideal de um corpo perfeito, pois eles não existem.

Tomar refrigerante causa estria

MITO: Os refrigerantes podem ser os vilões de uma boa saúde, mas por si só, eles não são capazes de gerar uma estria. Porém, seu consumo em excesso tende a criar massa física, o que por sua vez é sim responsável pelo aparecimento desse problema. Então o refrigerante pode não ser a causa, mas a favorece.

Acupuntura suaviza as estrias

FATO: Embora não consigam eliminá-las, esse tratamento para estrias se mostra bastante eficaz em amenizar o problema. Dando uma aparência muito melhor a pele.

Coçar a pele gera estrias

MITO: Pois ao coçar a pele não há contanto direto com as fibras que causam a estria, por essa razão não há relação alguma entre o atrito na epiderme e o aparecimento da cicatriz.

Existem tratamentos naturais que minimizam as estrias

FATO: O tratamento para estrias não é feito somente de processos complexos, produzidos em laboratórios ou realizados em clinicas sofisticas, existem tratamentos caseiros para estrias que trazem os mesmos resultados e são mais fáceis e baratos de se realizar.

Conheça o melhor tratamento caseiro para estrias

O “Adeus Estrias” é um tratamento natural, desenvolvido por Carla Beatriz que busca minimizar ao máximo a aparência de estrias no corpo. Trata-se de um e-book que contém um método baseado em medicina alternativa oriental.

A partir dele foi descoberto que determinados alimentos combinados tem efeitos quase mágicos sobre a pele. Da simples mistura de abacate, mel e outros produtos naturais é possível quase que desaparecer com as estrias em até 30 dias. Estimasse que mais de três mil pessoas já utilizaram do procedimento e foram bem-sucedidas em seus resultados. Sendo uma das opções de tratamento para estrias mais confiáveis no mercado.

No livro digital você encontrará quais as causas das estrias e como evita-las, economizando uma fortuna que seria destina a caríssimos tratamentos para estrias e em cremes que trariam a hidratação necessária para prevenir o aparecimento das mesmas.

As gestantes contam com um capítulo todo reservado só para elas, com dicas de prevenção e de tratamento, no caso das estrias não terem sido evitadas. E o melhor é que a futura mamãe não precisa se preocupar em trazer riscos para o bebê, já que se trata de um tratamento natural. Além de não prejudicar, tende a favorecer o desenvolvimento da criança, por trazer consigo muitos nutrientes.

Se você não é do tipo que se aventura na cozinha, principalmente se tratando de receitas saudáveis. Não tema, pois o terceiro capítulo do “Adeus Estreias” vem para curar esse seu medo. Nele você terá acesso a doze receitas que te ensinaram a como minimizar ao máximo o problema das estrias. Com foco nas medidas exatas de cada produto, característica essencial para alcançar os melhores resultados no seu tratamento caseiro para estrias.

A autora, Carla Beatriz recomenda que se inicie pela receita 3, pois de acordo com sua experiência anterior, isso ajuda a potencializar o alcance do objetivo. E cada uma dessas receitas é destinada a um tipo de estria, por isso a importância de variar o cardápio.

Além do livro digital, o comprador do “Adeus Estrias” recebe outro e-book como bônus, voltado para o combate a celulite. E fique tranquilo, pois existe uma garantia caso não se adapte ao tratamento, assim você poderá receber o seu dinheiro de volta.

Lembrando que ele é indicado para qualquer pessoa que queira tratar das suas estrias, sem restrições por se tratar de um tratamento natural, o que faz dele além de ótimo no combate desse mal especifico, e também um instrumento para melhorar a saúde do organismo, contendo os nutrientes certos para fortalecer o corpo humano.

Tratamento para Estrias
Avalie este post

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *