Como funciona o EFT? Técnica de Libertação Emocional

Tempo de leitura: 12 minutos

Como funciona o EFT?

Hoje em dia, a maioria das pessoas sofre com dores crônicas e demais inquietudes. Essas adversidades, de acordo com médicos e pesquisadores, são oriundas de problemas emocionais como mágoa, raiva, tristezas, culpas, medos e traumas. Todos esses aspectos se manifestam no corpo, e uma das formas de eliminá-los é por meio do EFT.

Conforme veremos nesse artigo, o EFT é uma técnica que vem apresentando excelentes resultados, pois, onde a medicina tradicional não consegue atuar, ela vai agir limpando questões de ordem emocional em um nível tão profundo que a cura física acontece quase como um milagre.

Frente a sua eficiência, saiba, agora, um pouco mais sobre a EFT e como se tratar por meio dessa técnica revolucionária.

O que é EFT?

EFT é a sigla para Emotional Freedom Techniques, ou Técnica de Libertação Emocional. Essa técnica pode ser conhecida também como “Acupuntura Emocional Sem Agulhas”, já que, por meio de estímulos em alguns pontos do corpo, é possível desbloquear certas energias e emoções negativas que atrapalham o desenvolvimento do ser humano.

Esse toque em pontos sensíveis do corpo produz uma harmonização de energia corporal que, em pouco tempo, fará com que muitos problemas físicos e emocionais sejam curados quase que como se fosse um milagre.

O profissional da EFT sabe, ao certo, como tratar cada paciente, e sua aplicação é de maneira simples e eficiente, sem dores ou desconfortos.

Quem criou o EFT?

O EFT foi criado por Gary Craig no ano de 1995. Apesar de ser um renomado engenheiro norte americano, Craig dedicava grande parte do seu tempo ao desenvolvimento pessoal do ser humano, tanto é que ele era credenciado em PNL (Programação Neurolinguística).

Gray Craig se incomodava ao ver as pessoas sofrerem com seus estados emocionais negativos e, por isso, foi em busca de alternativas que pudessem reduzir essa situação nos seres humanos.

Foi com o psicólogo Roger Callagham que Craig começou seus estudos, já que Callagham trabalhava com medicinas alternativas como, por exemplo, Cinesiologia e Acupuntura. No entanto, seus métodos eram complicados para a eliminação das emoções negativas dos pacientes.


Gary Craig, com seu espírito prático de engenheiro, começou a pesquisar e a desenvolver uma forma mais simplificada de aplicar os procedimentos já aprendidos com o psicólogo. Sendo assim, em pouco tempo desenvolveu um método prático, rápido e simples de ser usado e deu a ele o nome de EFT (Emotional Freedom Techniques).

Em 1997, Craig apresentou sua técnica ao público por meio de workshops, vídeos e um manual gratuito online. Seu método foi traduzido em diversas línguas e, atualmente, é aplicado em vários países.

Por ser amplamente eficiente e de fácil aplicação, o EFT se expandiu. Hoje em dia, tornou-se uma técnica revolucionária que já ajudou milhares de pessoas a terem qualidade de vida e a se livrarem de problemas emocionais que bloqueavam o seu crescimento e desenvolvimento.

A rapidez no tratamento e a forma simples que possui de aplicação permitiram que muitas pessoas se especializassem e, então, pudessem transformar o EFT em uma profissão satisfatória, pois os resultados são impressionantes.

Como é o tratamento EFT e para quem funciona?

Conforme já mencionado nesse artigo, o EFT é um método revolucionário que pode ser considerado também como “Acupuntura Emocional Sem Agulhas”, já que se utiliza do mesmo processo dessa técnica para desbloquear os meridianos e permitir que a energia flua de modo natural pelos canais energéticos.

Ao invés das agulhas, as pessoas que se aplicam o EFT o fazem com leves batidas com as pontas dos dedos nos terminais dos meridianos. Nesse processo, a pessoa irá se sintonizar com os problemas que as afligem e, enquanto toca nos pontos sensíveis do corpo, há uma liberação profunda das emoções negativas que, até então, estavam presas.

Não é necessário conhecer as técnicas da Acupuntura para colocar em prática o EFT. A pessoa precisa, somente, reconhecer onde o problema está para, então, realizar esse método.

Qualquer pessoa pode utilizá-la para resolver problemas de ordem emocional e física, já que a técnica trata emoções negativas como:

  • Raiva, medo, culpa, frustração, perdas, angústias, baixa autoestima, depressão, estresse, dificuldade de relacionamento, entre outras;
  • Fobias como: medo de falar em público, medo de andar de avião, medo de altura, medo de andar de elevador e demais fobias que a pessoa tenha;
  • Traumas oriundos de acidente de carro, sequestro, assalto, transtorno de estresse pós-traumático e etc;
  • Vícios: cigarro, bebidas, drogas, roer unha, comer, entre outras;
  • Além disso, promove o autoconhecimento, possibilitando ao indivíduo obter a paz interior tão desejada.

Além de todos os problemas apresentados, o EFT também ajuda as pessoas que sofrem com enxaquecas e dores crônicas. Isso acontece porque a maioria das doenças estão interligadas com os estados emocionais do indivíduo. Sendo assim, ao aliviar as tensões presentes com a técnica, essas energias negativas tendem a desaparecer e, dessa forma, todos os problemas de saúde desaparecem.

Mesmo que a pessoa não tenha consciência do que está ocasionando determinada dor física, o terapeuta tem como descortinar o fator emocional da doença.

O EFT pode também ser usado para eliminar crenças limitantes, ou seja, atitudes ou pensamentos que impedem o indivíduo de crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Por mais que a técnica possa ser aplicada por qualquer pessoa, recomenda-se que na primeira vez o indivíduo tenha a ajuda de um profissional já acostumado a praticá-la. Assim, posteriormente, todas as vezes que se sentir desconfortável com alguma dor física, ele mesmo poderá utilizar o método para se aliviar e, até mesmo, curar membros da família e amigos.

Depois de quanto tempo começo a perceber os resultados da EFT?

Essa pergunta é uma dúvida constante das pessoas, pois aqueles que estão sofrendo com alguma dor física e emocional querem que seus problemas sejam facilmente solucionados. Sendo assim, é importante ter em mente que, quando o EFT é feito com um terapeuta experiente, o resultado é quase que imediato.

Porém, há casos, mais sérios, que são necessárias algumas sessões extras. Somente 10% não apresentam soluções significativas. Isso acontece porque cada caso é um caso e cada pessoa reage de forma diferente ao tratamento.

Nessas situações, onde a EFT não apresenta solução, o indivíduo deve fazer um tratamento psicológico e/ou psiquiátrico, pois esses profissionais vão agir na raiz do problema tentando eliminar as causas e as consequências de cada problema.

Do contrário, a técnica é eficiente em 90% das pessoas que procuram os terapeutas que a praticam. Desse modo, esses pacientes conseguem perceber os efeitos quase que imediatamente, pois as dores começam a cessar em poucas horas e as energias negativas são dissipadas.

A cada dia o EFT vem provando a sua eficiência. Há cada vez mais relatos de pessoas que encontraram paz e a qualidade de vida que procuravam após a aplicação da técnica. Sendo assim, aqueles que não veem mais soluções para seus problemas de saúde devem procurar terapeutas experientes para experimentar as vantagens do método.

Por que devo procurar esse método ao invés de outros?

Outra dúvida bastante comum é sobre as vantagens do EFT, além das já mencionadas acima. Para responder essa questão podemos mencionar que a técnica apresenta ainda:

  • Extrema e rápida eficiência;
  • Baixo custo de aprendizado e aplicação, se comparado com outras técnicas disponíveis no mercado;
  • Simplicidade, tanto para a aplicação quanto para o aprendizado;
  • O EFT pode ser utilizado quantas vezes forem necessárias e quando achar que deve ser aplicado;
  • É autoaplicável, ou seja, o paciente mesmo pode usar a técnica em seu corpo e onde achar necessário;
  • O método não é invasivo, ou seja, não se utiliza de outras ferramentas que machucam ou podem causar incômodo ao indivíduo.

Diante de tantas vantagens e pela forma simples com que é usada, a EFT tem se destacado no campo terapêutico.

Quais são os pontos do EFT?

Nesse artigo, falamos bastante sobre a aplicação do EFT em pontos sensíveis do corpo, no entanto, você deve estar se perguntando: quais pontos são esses?

Na verdade, o corpo humano apresenta diversas terminações energéticas que podem ser usadas ao seu favor e onde reagem energeticamente. Porém, na prática do EFT, algumas delas são mais recorrentes como:

  • Lateral das mãos;
  • Topo da cabeça;
  • Início da sobrancelha;
  • Abaixo do olho e da boca;
  • Osso da clavícula;
  • Abaixo da axila;
  • Lateral do olho;
  • Abaixo do nariz.

Já mencionamos nesse artigo, mas sempre é bom ressaltar que, a primeira prática do EFT deve ser feita com um terapeuta experiente. Esse profissional vai orientar a melhor forma de aplicar as técnicas e, ainda, irá te ajudar a descobrir quais são os problemas mais evidentes no seu organismo.

É bom, também, trocar experiências com demais pessoas que se utilizam dessa técnica. Há muito o que aprender com os pacientes que viram suas vidas serem transformadas com o método. Sendo assim, cada qual apresentará soluções e pontos a serem trabalhados.

Perceba que, se o problema não for solucionado, a melhor coisa a ser fazer é recorrer a um profissional da saúde.

Há alguma contraindicação para a aplicação desse método?

Não há nenhuma contraindicação para aplicação do método EFT. Todavia, os pacientes só precisam ficar atentos às consequências. Em 90% dos casos, o método faz com que qualquer sintoma desapareça, mas há 10% das pessoas que não se sentem aliviadas após a aplicação.

Nesses casos mais graves, e que requer mais atenção, o indivíduo deve procurar médicos especialistas para tentar resolver o seu problema. Há situações em que somente remédios e exames específicos podem detectar a raiz do que está ocasionando dores e desconfortos.

A importância de ter uma vida plena

A correria e os problemas que aparecem constantemente no dia a dia fazem com que, cada vez mais, as pessoas se sintam acuadas e com enorme angústia. Em muitos casos, as doenças emocionais tomam conta do indivíduo ao ponto de não conseguir mais sair de casa.

Infelizmente, essa situação tem sido comum. Mais e mais pessoas sentem o preço da responsabilidade excessiva. Sendo assim, doenças como depressão, síndrome do pânico e estresse aparecem desmotivando e limitando os indivíduos a terem mais qualidade de vida para aproveitar com familiares e amigos.

Frente a isso, como tornar a vida mais sadia?

Essa dúvida tem norteado às pessoas. O trabalho exaustivo e as responsabilidades que, constantemente, batem à porta, fazem com que a vida seja coberta por problemas emocionais e físicos, mas como enfrentá-los?

O ideal seria diminuir as horas de trabalho e, aos poucos, desacelerar o ritmo. No entanto, sabemos que a sociedade em que se vive não comporta, em alguns casos, horas reduzidas de trabalho. Sendo assim, a única solução é procurar tranquilidade e calma nas horas de folga.

Sendo assim, recomenda-se que ao chegar em casa desligue-se dos problemas da empresa. Foque na família e no quão satisfatório é tê-los ao seu redor. Da mesma forma, aos finais de semana, passeie no parque ou visite locais que te façam bem. A energia desses espaços faz com que sua vitalidade seja renovada.

Outra dica importante é praticar atividades físicas. Se houver a oportunidade de frequentar uma academia, faça, pois, os exercícios são fundamentais para eliminar o estresse e, ainda, ter uma vida mais saudável e dinâmica.

Caso não haja tempo e nem dinheiro para frequentar uma academia, não tem problema. Faça pequenas mudanças em sua rotina em prol de sua saúde. Desse modo, caminhe pequenas distâncias ao ir para o trabalho. Suba escadas ao invés de usar o elevador. Todas essas ações são importantes para aliviar o estresse.

Procure ter uma alimentação equilibrada. Coma mais proteínas, fibras, frutas, verduras e legumes. Esse cardápio permite ter mais saúde no dia a dia e evita possíveis complicações de saúde.

No mais, para relaxar e eliminar qualquer situação incomoda do corpo e da mente, busque tratamentos alternativos como o EFT. A técnica é essencial para renovar a energia e, ainda, livrar o organismo de certos elementos emocionais que atrapalham o desenvolvimento humano e profissional.

Após uma sessão de EFT, é possível sentir os seus efeitos positivos. A pessoa, certamente, terá mais disposição e motivação para realizar, até mesmo, pequenas tarefas que antes pareciam impossíveis.

Essa atenção com o corpo e a mente é fundamental para o sucesso em todos os setores da vida.